quarta-feira

Amor maior



maior
és onde o amor inda raia
a onda o sol se espraia

o mal fez-se flor
o pior mundo que pintei
cores tuas que guardei

e o mar
mostra alma cheia
do amor que eclodiu
não há mais medo

em teu cais
não mais não mais
teus braços tão longe perder
jamais
tu longes de mim
amor maior

tu brotes
em cada brisa do amanhã
a mais breve
mesmo que vã

flor bela
ondas frescor pelos ares
quebram espalham teu charme

em nós
brilho de luz
se abriu
eu choro
de amor nada mais
ôoo de amor nada mais

em fim
nada restou pra mim
ohh
além
de amar
assim
amor maior

em nós
brilho de luz
se abriu
eu choro
de amor nada mais
ôoo de amor nada mais

e quero
um vinho branco abrir
nas ondas borbulhar
espumas a brindar
a tarde a colorir
meu amor
meu amor

amor maior






Um comentário:

Verso Aberto disse...

como estava de plantão, só me restou um réveillon virtual, em clima de romance, praia, por do sul, um espumante e "My Endless Love", enquanto a fase de melosidade não passa rsrsrs

abração