sábado

Cozinhando para você



toalha, taças, talheres e flores

vigores em talos e folhas
alhos e óleos entre olhares
deliciando saladas feijões e arrozes

texturas de carnes ao ponto
de carícias de mãos acolheradas
molhos de seus sais mais vitais
açúcares em bocas apimentadas

paladares, sortidos frutos
sobremesa rica em sabores
doce fogo, vinhos e licores
- nossa mesa de amores

9 comentários:

Ana Ribeiro disse...

Que delícia!

Blog do Pizano disse...

Tive uma semana corrida, bem corrida e não houve espaço mental para poesia. Mas, quando uma brecha ocorria, só o site Sabor Com Letras me vinha. Então, vai aí um poeminha parabéns para a Adriana.

Assis Freitas disse...

isso é um manjar dos deuses,


abraço

Fouad Talal disse...

cara,

só sabe mesmo quem experimenta e essa sua poesia está pra lá de apetitosa!

muito bom amigo!
um abraço!

Blog do Pizano disse...

caros Ana, Assis e Fouad

muito bom receber a visita de vocês
grato pelos carinhos

voltem sempre

abs

Maria Paula Alvim disse...

é por esta e outras que a dieta da gente sempre vai pras cucuias... o fino da gastronomia da poesia. Abraço, Marcos

Blog do Pizano disse...

cobiçado, o amor emagrece
conquistado, engorda
rsrsrs

abs Maria Paula

Anônimo disse...

Esse é o meu poema predileto! Um verdadeiro ágape. eu mereço.
Bjo!
Adriana Aleixo

Anônimo disse...

Ah! Lembrei-me da Adélia Prado limpando peixes com o amado. Dri Aleixo