quinta-feira

Sonhando Setembro

Gravura nos jardins da Igreja Matriz de São Sebastião, em Timóteo/MG

 tenho um país para ti
           não este
           que esfria braços
           cega porta-retratos

para teus dias de infância
tenho canto de povo sofrido
(alegre ciranda)
            não este
            que seca colheita
            surda lábios
                                                       
para ti tenho casa com varanda
e lind’almas floridas no jardim

tenho um sonho livre contigo
          mas nem em pensamento digo
          pois temo que vais
                       ainda mais
          com nosso país
                       para longe de mim
aqui

   

4 comentários:

Assis Freitas disse...

um país do talvez, uma geografia de circunstâncias íntimas




abraço

Adri Aleixo disse...

Muito lindo, Pizano!
A imagem de uma de nossas igrejas mineiras me é muito terna.
Beijo!

Verso Aberto disse...

Assis

um nosso país
que já não se cala

abs mestre

Verso Aberto disse...

Adriana

a igreja de Timóteo é realmente bela
e aqui ela é templo e nação
de um porta-retratos que se faz ser conquista
sonho de libertar-se das molduras

abs amiga