sexta-feira

Brinde beijo

desocupe a palavra
- vale o doce da boca

aspire ventile na alma
tilinte toque sinta
o que se avulta e se oculta
no belo bailado neón

cole som ao prazer da bebida
não a deixe sozinha

fale cante o dom da sua vinha
não brinde ao
brinque com
- beba do bom da vida

12 comentários:

Anônimo disse...

O doce da boca...
Alma ventilada...
É só para os que amam de verdade!
Um brinde.
Ops! Brinde Beijo!!!
Adriana Aleixo

Verso Aberto disse...

Oi, Adriana... s em sua simplicidade, um brinde pode ser sentido como uma metáfora do beijo... algumas experiências são mesmo reveladoras, não é mesmo?

obrigado por estar sempre por aqui me fazendo companhia

beijão

Anônimo disse...

Todo sábado fico esperando seus versos (rsrsrsrs)Espero que eles não falhem nunca, pois me abtuei a eles.

Bjo!
Adriana Aleixo

MIRZE disse...

Este merece um brinde!

"Desocupe a palavra, vale o doce da boca"

Maravilha!

Beijos

Mirze

Assis Freitas disse...

no vale de céus, palato e delícias

abraço

Verso Aberto disse...

oi Adriana, olha, eu estou gostando muito mais dos sábados agora, mesmo quando estou de plantão, principalmente das visitas de todos vocês

este espaço tem sido um estimulante e agradável desafio, que só se mantem assim por causa de pessoas como você...

muito obrigado pela companhia... e que ela realmente perdure por um longo e prazeroso tempo

abs Adriana

Verso Aberto disse...

Mirze... vale o doce da sua presença

bjs bjs

Verso Aberto disse...

pois é Assis... e até no vale infernal dos sabores

não fossem os doces primeiro e à frente - para receber os azedos e os salgados dos dias - impossível seria suportar o amargo da vida, não é mesmo?

é sempre bom tê-lo por aqui
abs

Ma Ferreira disse...

TIN TIN....PIZANO!!!! PARABÉNS PELO SEU POEMA!

HOJO O TEMPO AQUI EM SP ESTA PROPICIO PARA UM BOM VINHO...ja ate escolhio o cardápi.
polpetone com agnolot com funghi e vinho... tudo diet..rs

Boa semana a vc!!

Verso Aberto disse...

Oi Ma
que maravilha...

que a sua mesa nutritiva
seja também divertida
para o corpo e para alma

cultive o doce da boca
e saboreie o bom da vida

tintim

Macabea de La Mancha disse...

beber do bom da vida - é esse o brinde do amor-vinho! Adoro seus poemas!

Verso Aberto disse...

oi Macabea... mas é isso mesmo

já me senti devorado pela vida, mas isso só ocorre quando a gente a desdenha, a renega, a desmerece

se a gente der a ela um olhar mais demorado, atento, vai ver que ela oferece infinitas possibilidades

sorver o bom da vida é envolver-se nela. merecê-la, namorá-la

um tintim demorado