sábado

Amor abstido

o tinto de derradeira taça
é quase insanidade, se for
do resto espero pouco
pensando bem, quase nada mesmo
nem meu sol a se por
sozinho

a vinha que passou, o dito
se terminou
     terminou perdoado espinho

do que segue abstido
     colheitas tardias
     adiam sempre o último brinde
     - contigo?
a morrer do próprio vinho