segunda-feira

Do espelho

  
(estranha brincadeira)
quanto menor
a distância
a infância
fica mais estrangeira



4 comentários:

Mirze Souza disse...

Marcos.

às vezes a infância é estranha e estrangeira, não importando a distância.

Beijos, mano

Mirze

Assis Freitas disse...

verdadeira, bem verdadeira



abraço

Verso Aberto disse...

é Mirze

do espelho
não nos distanciamos jamais

abs mana

Verso Aberto disse...

Assis

a verdade diante dos olhos
e
ao lado em rugas
a baixo em bolsas
a dentro em distâncias

abração